Veja como foi a Escuderia X na 5ª etapa do Brasileiro de MX

Tiago Lopes/Show Radical.

O Campeonato Brasileiro de Motocross entra em sua reta final e as disputas tornam-se cada vez mais emocionantes. No último final de semana, 4 e 5 de novembro, a Escuderia X desembarcou em Tupaciguara (MG) para a realização da 5ª etapa do nacional. A chuva castigou a região e alterou a programação da rodada, que contou com apenas uma prova para as categorias MX1 e MX2.

Jetro Salazar, que defende o bicampeonato na MX1, terminou o sábado com o melhor tempo nos treinos cronometrados, mostrando ritmo e velocidade no circuito mineiro. No domingo, já com a pista bastante enlameada, a disputa contou com diversos imprevistos para o equatoriano. Jetro sofreu uma queda logo na primeira curva e, durante a prova, ficou cerca de 2 voltas parado por conta de problemas técnicos. Focado em recuperar o prejuízo, Jetro imprimiu uma tocada forte e garantiu o seu lugar no pódio, com a 5ª posição. Seu companheiro de equipe Lucas Dunka encontrou um traçado rápido na pista e segurou o ataque dos adversários encerrando com o 2º lugar no pódio.

Tiago Lopes/Show Radical.

A classificação geral da MX1 ficou da seguinte forma: Jetro Salazar continua na vice-liderança, agora com 173 pontos, sete a menos que o primeiro colocado e tem duas etapas para tirar a diferença e buscar o bi. Dunka é o 9º colocado, com 103 pontos em seu ano de estreia na categoria principal.

Tiago Lopes/Show Radical.

Leonardo Nunes faturou a vitória da etapa para a Escuderia X na prova da categoria MX2Jr. O piloto enfrentou a lama e com tranquilidade cruzando a linha de chegada em 1º lugar para diminuir a diferença na tabela de pontos. Agora ele é o vice-líder, com 188 pontos, onze a menos que o líder. Na MX2 Leandro Pará alcançou o 6º lugar na prova e ocupa a 9ª colocação na tabela, com 90 pontos conquistados.

Tiago Lopes/Show Radical.

Cale Neto, chefe de equipe da Escuderia X avalia positivamente o desempenho dos atletas:
“A etapa foi bastante complicada e cheia de imprevistos que poderiam ter tirado nossas possibilidades de título. Nos superamos, o Jetro mostrou toda a garra que tem na busca pelo bi e recuperou o prejuízo. Estou bastante animado também com o Dunka, que tem tido grande evolução na 450cc e o 2º lugar no pódio veio para coroar este trabalho que estamos desenvolvendo. Leo Nunes, cheio de personalidade, trouxe a vitória para a equipe e o Leandro Pará, com resultados constantes, também compõe este grande trabalho que a Escuderia X tem demonstrado nas pistas. Estou muito satisfeito com o desempenho dos atletas e a dedicação e vontade de superar os desafios”, revelou.

Resultados Escuderia X
5ª etapa Campeonato Brasileiro de Motocross
Tupaciguara – MG

MX1
1º Jean Ramos
2º Lucas Dunka – Escuderia X
3º Dudu Lima
4º Carlos Campano
5º Jetro Salazar – Escuderia X

MX1 – Classificação Campeonato
1º Carlos Campano – 180 pontos
2º Jetro Salazar – Escuderia X – 173 pontos
3º Dudu Lima – 149 pontos
4º Paulo Alberto – 140 pontos
5º Jean Ramos – 135 pontos
9º Lucas Dunka – Escuderia X – 103 pontos

MX2
1º Pepê Bueno
2º Fábio Santos
3º Caio Lopes
4º João Ribeiro
5º Frederico Spagnol
6º Leandro Pará – Escuderia X

MX2 – Classificação Campeonato
1º Gustavo Pessoa – 208 pontos
2º Fábio Santos – 189 pontos
3º Pepê Bueno – 177 pontos
4º Caio Lopes – 157 pontos
5º João Ribeiro – 155 pontos
9º Leandro Pará – Escuderia X – 90 pontos

MX2 Júnior
1º Leonardo Nunes – Escuderia X
2º Tallys Nathan
3º Matheus Oliveira
4º Thiago Cassio
5º Marcus Henrique Dias

MX2 Júnior – Classificação Campeonato
 Tallys Nathan – 199 pontos
2º Leonardo Nunes – Escuderia X – 188 pontos
3º Leonardo Cassaroti – 182 pontos
4º Renan Goto – 130 pontos
5º Matheus Oliveira – 100 pontos

Related posts

Loading Facebook Comments ...
Top