Tom Vialle é cortado do time francês que disputará o MXON 2019

Tom Vialle #28

O clima não é dos melhores no time francês que irá disputar o Motocross das Nações 2019, após Romain Febvre sofrer uma fratura no fêmur, durante o GP da Suécia, e por consequência desfalcar o time, nessa semana Tom Vialle é mais um está fora e não disputará a competição.

Após um desentendimento entre Tom Vialle e a Federação Francesa de Motociclismo, por conta do logotipo de sua equipe, a Red Bull KTM, e também por conta de alguns equipamentos que o piloto teria que usar na competição, o piloto foi cortado do time.

Em nota o presidente da Federação Francesa disse:

“- Estou realmente triste com esta situação, especialmente para Tom, mas, da minha parte, considero que os pilotos devem primeiro usar as cores da França no MXoN. As marcas comerciais são necessárias, mas não podem se impor sobre as cores da bandeira nacional.”

Através de uma postagem no Instagram, Vialle respondeu:

“- Sim, eu não vou disputar o MXoN por causa de um boné. Para ser mais exato, estamos falando de um centímetro na aba, mas a Federação Francesa não aceita… é a única federação que não aceita. Estou muito decepcionado, porque eu estava motivado para essa corrida. Obrigado a todos pelo apoio e boa sorte ao meu substituto.”

Vialle venceu o GP da Suécia no Mundial de Motocross, e ocupa a 4ª colocação na classificação da MX2. Seu substituto será Maxime Renaux, no momento o piloto ocupa a 7ª colocação no Mundial de Motocross, tendo conquistado até aqui, um pódio.

Com Gautier Paulin na Open, Jordi Tixier na MX1 e Maxime Renaux na MX2, o time francês segue para Assen, na Holanda nos dias 28 e 29 de setembro, em busca do sexto título consecutivo na competição.

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site Show Radical 👇⚡!

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!