Taça Brasil de XCO | Goiânia

Pódio da Elite Masculina na Taça Brasil de XCO. Foto: Divulgação

Os ciclistas mostraram sua força na edição de 2018 da Taça Brasil de XCO, realizada no Paço Municipal de Goiânia (GO). Guilherme Muller e Rubinho Valeriano (ambos Sense Factory Racing) destacaram-se, ao terminarem em segundo e terceiro lugares, logo atrás do campeão Luiz Cocuzzi. Completaram o top 5, Lukas Kaufmann (Cannondale Brasil Racing) e José Gabriel Marques (Team Groove XCO), na quarta e quinta posições, respectivamente.

Guilherme Muller foi o segundo colocado na Elite Masculina Foto: Divulgação

Sherman Trezza (Cannondale Brasil Racing), em sexto, Mario Veríssimo e Kennedi Lago (Squadra Oggi), em sétimo e oitavo, e Mario Couto (Sense Factory Racing), na décima posição completaram o top 10 na Taça Brasil de XCO, que teve ainda Bruno Lemes em nono lugar na prova realizada na pista do Laboratório, com extensão de 5,1 km em um total de seis voltas completadas. “Fico feliz com meu desempenho, já que eu estava no estágio final de uma gripe e a pista era muito exigente, com um calor bem forte no início da tarde em Goiânia“, avaliou Guilherme Muller.

Me senti bem durante a corrida e no início me destaquei ao lado do Luiz Cocuzzi e do José Gabriel. Abrimos a segunda volta juntos e na sequência a disputa ficou polarizada entre Cocuzzi e eu, depois que o Zé ficou um pouquinho para trás em uma subida mais longa da pista. Acelerei tudo o que dava, e tive de administrar em relação aos adversários que vinham atrás, enquanto tentava não perder contato com o líder e campeão“, completou Muller.

A Taça Brasil de XCO foi mais uma prova válida pelo Ciclo Olímpico de Tóquio 2020 no mountain bike, que iniciou-se em maio de 2018 e tem duração de exatos dois anos. A competição realizada no Paço Municipal da capital goiana ofertou 30 pontos aos campeões das elites nos rankings UCI (União Ciclística Internacional), olímpico e mundial, por ser classificada como classe 2.