Race Test Show Radical | Kawasaki’s 2016

Na quarta-feira (23) de setembro, a Kawasaki Brasil recebeu jornalistas e convidados na pista do Kalango Cego, em Itupeva, interior de São Paulo para um dia dedicado à apresentação da linha off-road 2016 da marca e nós do Show Radical estivemos presentes com nossos repórteres Tiago Lopes (piloto de teste) e Caique Augusto (fotógrafo) para conhecer e experimentar os novos modelos da Kawasaki.

Logo pela manhã os convidados foram recebidos com um café e puderam conferir a apresentação das motocicletas, suas especificações técnicas, alterações e esclarecer as dúvidas junto à equipe da Kawasaki Motores do Brasil.


Foto: Caique Augusto | Show Radical

Destaque para a Kawasaki KX450F que chamou a atenção pelo conjunto de mudanças que vem dando o que falar mundo afora: além do novo design com tanque de combustível e assento mais planos, quadro e protetores mais estreitos, caixa de ar que reduz o ruído da admissão e entradas na parte posterior do banco e visual mais agressivo, o que mais chama a atenção é a redução de peso. Melhorias no motor, chassis e outros itens resultaram em uma “dieta” de 3,4 kg facilitando a pilotagem em saltos e curvas. O cilindro foi deslocado 8,5mm para frente, reduzindo o atrito e permitindo maior geração de potência e o cabeçote foi redesenhado, gerando um motor com muito mais potência e torque. Agora com um novo Kit de calibragem DFI é possível modificar os mapas de combustível e ignição. O dispositivo, vendido separadamente, é mais prático para ser transportado à pista e inclui todos os cabos necessários. A lista de mudanças é extensa e proporciona total mobilidade ao piloto.


Tiago Lopes | Show Radical testando a nova KX 450F 2016.

Após uma pausa para o almoço os convidados puderam, finalmente, ir para a pista testar as novas máquinas Kawasaki e comprovar a potência das motocicletas verdes em uma tarde de muita diversão e pilotagem.


Pilotos Oficiais Kawasaki Brasil: Moara Sacilotti, Ramon Sacilotti, Eduardo Lima, Marcello Lima
Foto: Caique Augusto | Show Radical

Depois dos jornalistas e concessionários acelerarem as verdinhas foi a vez dos pilotos oficiais Kawasaki Racing Brasil entrarem na pista para comprovarem as inovações da linha off-road 2016. Para Ramon Sacilotti, bicampeão brasileiro de Rally Baja e vice-campeão do Rally dos Sertões 2015 a nova KX450 2016 é fantástica!

“Fiquei impressionado com a leveza e a maleabilidade da motocicleta. Ela faz curvas com muita facilidade e nos saltos nos traz muita segurança para os scrubs evitando a perda de tempo no ar. Além disso, o motor forte e progressivo, traciona mais nas saídas de curva proporcionando uma pilotagem muito mais segura e confortável”, revelou Ramon.

Para os irmãos Marcello “Ratinho” e Dudu Lima a KX450F oferece uma ciclista perfeita.

Já para Marcello “Ratinho”, que impõe muito estilo em seus scrubs, o peso da nova 450cc é seu grande diferencial.


Marcello Lima (piloto Kawasaki) | Foto: Luis Bueno

“O novo modelo ganhou muito na relação peso X potência. Por ela estar, consideravelmente, mais leve ficou melhor para fazer as curvas e saltos e acredito que por esse motivo ganhe em potência, já que tem menos peso para levar.  A moto está incrível, muito leve, rápida e com um design lindo. Estou louco para começar a acelerá-la nas competições pelo Brasil”,pontuou “Ratinho”.


Dudu Lima (piloto Kawasaki) | Foto: Luis Bueno

“ A motocicleta é muito leve, com uma ciclística ainda melhor que a do modelo anterior. Está muito mais fácil de pilotar, muito mais leve e, para mim, os freios são um ponto forte do modelo. Estou feliz por ter um equipamento de ponta, principalmente sabendo que no ano que vem subirei de categoria e vou acelerar a KX450F na MX1”, comemorou Dudu Lima, líder da categoria MX2 no Arena Cross 2015.

Jorge Balbi Jr. teve a oportunidade de comandar a Kawasaki KX450F 2016 na última etapa do Campeonato Mundial de Motocross, que aconteceu no último final de semana em Glen Helen, nos Estados Unidos, e encerrou a rodada como o melhor piloto privado da rodada, com uma boa 21ª posição.

“O modelo 2016 é bastante superior ao anterior. As mudanças podem ser notadas logo na hora de tirar a moto do cavalete: seu peso está menor, o que faz com que ela curve melhor e pegue a direção desejada com maior facilidade. Senti um ganho muito grande nas partes de baixa e média. O modelo anterior já tinha boa estabilidade em alta, mas o novo modelo traz essa estabilidade em baixa, média e alta. Na parte de motor, com a mudança de injeção, com a mudança elétrica a moto responde muito melhor, inclusive na retomada de curvas. Estou apaixonado pela KX450 2016 que é, sem dúvidas, a melhor moto que já pilotei”, analisou Jorge Balbi Jr.

Confiram os grandes detalhes de cada modelo:

KX 450F 2016

O novo modelo chamou a atenção dos convidados, principalmente, pela extensa lista de mudanças. Ela chega ao mercado 3,4 kg mais leve por conta da evolução nos componentes do motor e chassis.
A mais leve motocicleta da categoria 450cc ficou mais compacta e ganhou um visual ainda mais agressivo com novos plasticos, quadro mais estreito e motor mais potente.

A KX450F apresenta um sistema de controle de largada similar aos usados nas motos de equipe de fábrica. Com o simples pressionar de um botão o piloto pode ativar um mapa do motor designado para garantir uma largada eficiente, sem perder tração. O novo Kit de calibragem DFI (opcional) aparece em formato prático para ser transportado à pista para os ajustes nos mapas de ignição. Os ajustes do garfo dianteiro do tipo SFF-Air TAC e a suspensão traseira Uni-Trak foram revistas para a melhor performance da motocicleta. Uma interface com o piloto mais estreita e direta melhora ainda mais a ergonomia ajustável e própria para corridas, permitindo aos pilotos andarem ainda mais rápido.

Preço sugerido: R$42.490,00 (sem frete)


Nosso repórter Show Radical, Tiago Lopes andou na Kawasaki KX 450F e irá contar o que achou da nova moto:

“Bom, eu sou suspeito para falar das motos Kawasaki, pois sou muito fã dos modelos da marca, gosto muito da explosão dos motores e do encaixe oferecido pela ciclística da moto e confesso que estava bastante ansioso para conhecer e andar nas novas motos. Sou repórter fotográfico e praticante de modalidades em 2 rodas a mais de 15 anos e já andei em quase todos os modelos de motos de competição, meu ritmo é bem amador, nunca participei de competições, meu lance é só me divertir, principalmente em saltos e hoje possuo uma CRF 450cc e estava apto a sentir as modificações da linha 2016.


Tiago Lopes – Show Radical KX 450F | Foto: Luis Bueno

A primeira moto que testei foi a KX 450F que como todos os modelos desse race test estavam com os “chip’s” originais de potência branda, então não foi nada assustador, apesar de ser uma 450cc ela era bem progressiva e como já estou acostumado com esse motor em uma tocada bem tranquila não foi “tão perigoso” (risos). A ciclística está demais, como tenho origem nas bikes, posso dizer que a moto está uma BIKE para pilotar, principalmente em saltos, muito maleável, qualquer movimento pode mudar a direção e com isso aperfeiçoar o encaixe nos saltos. As suspensões  do tipo SFF-Air TAC não me agradaram muito na 450cc, certamente por questão de ajustes, estávamos em um grupo de várias pessoas de diferentes ritmos, estilos e pesos e não era possível achar um ajuste fino para o geral, então quando andei cheguei a zerar um salto e sentir desconforto por parte da suspensão dianteira muito macia, mas certamente em um modelo acertado para o meu peso isso deve melhorar. No mais a moto está um SHOW, muito leve, bem curta, rápida, forte e progressiva.”

KX 250F 2016

A KX250F passou por alguns ajustes finos para melhorar o desempenho de baixa e média rotações e aumentar a durabilidade de baixa e média. Complementando a aclamada alta potência oferecida pelos injetores duplos da KX250F – primeira a adotar este sistema nas motocicletas de Motocross em 2012 –  e a admissão direta, uma esplêndida resposta assegura um funcionamento suave do sistema de injeção. O Modo de controle de Largada é apenas uma das características de fábrica que proporcionam aos pilotos uma vantagem ao alinhar no gate. O chassis da KX250F com uma construção estreita e de alumínio é composto de partes forjadas, extrudadas e fundidas. O equilíbrio do quadro e seus ajustes foram feitos de modo a atender pilotos iniciantes ou experientes. O centro de gravidade e suas dimensões-chave (o posicionamento da articulação da balança traseira, coroa e eixo traseiro) foram escolhidas de modo que o pneu traseiro impulsione a motocicleta para frente (ao invés de fazê-la afundar). Aclamado por sua estabilidade em altas velocidades, o quadro é complementado com o seu garfo do tipo SFF (de funções separadas), que oferece menor atrito aumentando o conforto de pilotagem e trazendo um melhor desempenho da suspensão. Preço sugerido: R$36.990,00 (sem frete)


KX 250F 2016 | Foto: Caique Augusto

Nosso repórter Show Radical, Tiago Lopes também andou na Kawasaki KX 250F e irá contar o que achou dessa moto:

“Pra quem está a algum tempo só andando em motos de 450cc, montar e acelerar uma 250cc passa a ser pura diversão, nas primeiras voltas eu quase acreditei que erá um cara rápido (risos), até que, da terceira volta em diante o preparo me lembrou que sou mesmo fotógrafo e repórter (risos). Mas a moto como sempre explode muito, principalmente nas saídas de curvas e depois que passei a andar só de 450cc me sentia muito inseguro em mandar os saltos quando ia andar de 250cc e na Kawasaki logo na primeira volta já enfrentei os saltos maiores confiando totalmente na explosão do motor verde. Nesse modelo não tive nenhum susto com as suspensões, foram alguns minutos de pura diversão a bordo da moto que apesar de não ter sofrido todas as inovações da irmã maior, também está um ótimo modelo para as pistas de motocross.”


Tiago Lopes – Show Radical KX 250F 2016 | Foto: Caique Augusto

Kawasaki KLX110 – Pequena em tamanho e grande em diversão

Desenhada para jovens e  entusiastas do off-road e das mini-motos a nova KLX110 pode carregar pilotos de até 70kg. Inúmeras melhorias foram feitas nas KLX110 para trazer ainda mais diversão em sua condução. Os ajustes revistos do motor de 112cc, SOHC, monocilíndrico resultaram em um motor mais potente. Uma nova transmissão de 4 marchas e a suspensão traseira revisada oferecem uma performance superior. A ergonomia, com mais espaço, acomoda uma maior variedade de usuários. É o modelo KLX110, agora com uma série de melhorias, como a embreagem centrífuga, que permite a troca de marchas sem  a necessidade de manete de embreagem. Além da adição de novas funcionalidades como a partida elétrica e o KACR (Descompressor automático Kawasaki), o acesso à diversão está mais fácil do que nunca. Pedais e manetes revistos facilitam ainda mais a utilização da motocicleta. As novas carenagens remetem aos modelos de competição, como a KX450F.

Piloto Kawasaki, Sabrina Paiuta, testando a KLX 110 | Fotos: Luis Bueno


Preço sugerido: R$7.490,00 (sem frete)

Para adquirir a linha off-road Kawasaki 2016 entre em contato com o concessionário autorizado KAWASAKI nosso parceiro: Pro Tech Motor Sports, Estr. Francisco da Cruz Nunes, 29, Lj.101 Itaipu – Niterói / RJ, tel.: (21) 2709-0640 e reserve já a sua!


Show Radical e a novíssima KX 450F 2016, agora é esperar elas chegarem para as equipes e lojas oficiais e logo em breve veremos essas máquinas em ação em todo território nacional. Tudo sobre o mundo das Duas Rodas você encontra aqui no: www.showradical.com.br, acesse todos os dias!

Acompanhe as novidades, notícias e promoções na fan page KAWASAKI MOTORES DO BRASIL no Facebook.