Mundial de Motocross 4ª etapa | México

Pelo segundo GP seguido, o piloto da equipe Honda, Tim Gajser foi homem que subiu ao lugar mais alto do pódio. O atual campeão do mundo venceu a quarta etapa do ano, o GP México, realizado na cidade de León. Após vencer a corrida de qualificação, Gajser não deu a menor chances aos adversários  nas duas corridas que valiam pontos para a temporada, vencendo ambas com total autoridade.

Em ambas as disputas Tim Gajser imprimiu um ritmo muito forte, liderando do princípio ao fim, e deixou a concorrência a mais de 14s de distancia. No segundo lugar da etapa mexicana ficou o italiano Antonio Cairoli. Depois de um desempenho modesto na na etapa anterior, na Argentina, o piloto da KTM esteve bem melhor nesta prova terminado as duas baterias em quarto e segundo, respectivamente. Nas contas do campeonato, Cairoli é o segundo classificado à 20 pontos do líder, Tim Gajser.

Gautier Paulin foi terceiro e somou o primeiro pódio da temporada, agora que está ao serviço da Husqvarna. O piloto francês foi terceiro nas duas corridas e terminou mesmo o GP do México empatado no número de pontos com Antonio Cairoli, mas este último levou a melhor por ter obtido um melhor resultado na segunda e decisiva prova, aquela que é utilizado como critério de desempate. Tambem surpreendeu a todos a participação de Arnaud Tonus, terminando em quarto lugar e Jeremy Van Horebeek foi novamente dos pilotos mais regulares em pista e foi quinto.  Sensação em 2015, quem ainda não mostrou um grande resultado é o  Romain Febvre, que foi apenas nono colocado.

Assista ao vídeo com os melhores momentos da etapa: 

 

Na categoria MX2, o piloto Thomas Covington da Husqvarna foi o vencedor no GP do México. Thomas Covington terminou o evento mexicano empatado em pontos com o segundo classificado, Jeremy Seewer, mas as contas ficaram a favor do piloto norte-americano, porque este obteve um melhor resultado na segunda e decisiva prova.

Fundamental para este desfecho foi ultrapassagem a meio da corrida ao então líder Pauls Jonass, o que permitiu a Covington assumir em definitivo a liderança da disputa. Já Jeremy Seewer venceu foi imbatível na primeira bateria, mas na corrida decisiva foi quarto, resultado que veio a ser muito prejudicial para o piloto da Suzuki.

Julien Lieber completou o pódio, depois de ter sido terceiro nas duas prova. Em termos de contas do campeonato, Jeremy Seewer manteve o comando, tendo agora oito pontos de vantagem sobre Pauls Jonass, que em León foi quarto. O vencedor do dia, Thomas Covington, está em oitavo posto da classificação geral.

Resultados:

450cc

 

250cc

A quinta etapa do MXGP acontece no GP da Itália, quando a competição retorna ao continente Europeu e acontece em Pietramurata nos dias  15 e 16 de abril.

Related posts

Loading Facebook Comments ...
Top