Jetro Salazar vence a terceira etapa do Arena Cross em Ilhabela

A noite da terceira etapa do Arena Cross Brasil 2019, que aconteceu na cidade de Ilhabela, litoral norte de São Paulo ficou marcada pela vitória da Honda com o piloto Jetro Salazar. O equatoriano na última volta passou na frente, do português Paulo Alberto #1 (Yamaha/Monster/Geração), na segunda bateria e garantiu a emocionante vitória.

Na somatória das disputas, Hector Assunção #30, também da equipe Honda Racing ficou em terceiro, Humberto Martin #101 (Circuit/Honda) acabou em quarto, seguido de Caio Lopes #134 (Rota K/Kawasaki).

 

Duelo 1×1

A disputa da noite no Duelo 1×1, foi protagonizada pelos pilotos Jean Ramos #10 (JMR/Destri/Geração) e Hector Assunção #30 (Honda Racing). Ambos já se enfrentaram várias vezes na disputa pelos pontos extras da noite. Dessa vez, quem levou a melhor foi piloto da Honda, que abriu o Duelo com vantagem e se manteve o tempo todo à frente adversário, vencendo a disputa.

 

1ª Bateria

O brasileiro Jean Ramos #10 (JMR/Destri/Geração) fez o Holeshot, ou seja, a primeira curva na liderança, mas um erro lhe custou a liderança. O português Paulo Alberto #1 (Yamaha/Monster/Geração) mostrou mais uma vez que acelera forte rumo a mais um título do Arena Cross, ao vencer e conquistar mais 20 pontos.

2ª Bateria

Na segunda bateria, Jetro Salazar #20 (Honda Racing), pulou na frente, deixando Paulo Alberto #1 (Yamaha/Monster/Geração) na segunda posição. O português teve que se defender dos ataques de Hector Assunção #30 (Honda Racing) e só conseguiu se aproximar do equatoriano nos segundos finais.

Apesar de apertar o ritmo, após de livrar de Hector, Paulo Alberto não conseguiu a ultrapassagem sobre o piloto da Honda, tendo que se contentar com a segunda posição na bateria. O resultado, porém, lhe mantém confortável na liderança do campeonato.

 

Confira a classificação do campeonato na categoria PRO (10 primeiros)

1º Paulo Alberto #1 – 109 (Yamaha/Monster/Geração)

2º Jetro Salazar #20 – 101 (Honda Racing)

3º Hector Assunção #30 – 98 (Honda Racing)

4º Humberto Martin #101 – 74 (Circuit/Honda)

5º Jean Ramos #10 – 67 (JMR/Destri/Geração)

6º Caio Lopes #134 – 59 (Rota K/Kawasaki)

7º Roosevelt Assunção #100 – 52 (Rota K/Kawasaki)

8º João Marcos #142 – 36 (Sem equipe)

9º Adam Chatfield #407 – 21 (KTM Sacramento/IMS)

10º Pedro Bueno #97 – 19 (Yamaha IMS)

 

AX2

A categoria que serve como vitrine para os jovens talentos do motocross nacional. Fábio Santos #04, Leonardo Souza #45 e Lucas Dunka#34 protagonizaram um pega eletrizante pela ponta no início da prova. Em poucas voltas a bandeira azul já era acionada para retardatários dos três primeiros, que se alternavam pela liderança. Quando o relógio apontava a metade da prova, o grande susto da etapa de Ilhabela. Após um choque com Leonardo, Fábio #04 levou a pior e precisou ser atendido pelas equipes médicas, sendo um susto.

Com a queda dos dois primeiros, a vitória caiu no colo de Lucas Dunka #34. O piloto da Honda, aumentou ainda mais sua vantagem no campeonato, vencendo as três etapas disputadas até agora na competição.

 

65cc

Sucesso nas disputas do Arena Cross, a categoria que mais revela talentos no motocross trouxe mais uma prova muito agradável de assistir e que acabou com uma convincente vitória do Bernardo Tibúrcio #03, que mostrou uma adaptação perfeita ao traçado montado em Ilhabela e levou o troféu com autoridade de gente grande.

Confira a classificação do campeonato na categoria 65cc (10 primeiros)

NOMES

1º Bernardo Tibúrcio #03

2º Bruno Leal #317

3º Kevin Andrade #11

4º Felipe Maia #931

5º Matheus Lima #515

6º Francisco Emílio #06

7º Lucas Pereira #717

João Torres #711 – 13

8º Luiz Tapari #158

9º Gabriel C. #81

10º José Abrantes #800

 

 

50cc

Na categoria que mais arranca suspiros da arquibancada, o pequeno Matheus Henrique #5, líder do campeonato, mais uma vez esteve em um patamar acima de seus companheirinhos de cinquentinha. Fez a pole e sobrou na pista sem ser ameaçado desde a largada.

Confira a classificação do campeonato na categoria 50cc (10 primeiros)

NOMES

1º Matheus Henrique #05

2º Felipe Martini #413

3º Nícolas Tapari #22

4º Breno F. #94

5º João de Aquino #25

6º Bruno Palmieri #91

7º João Vítor Pereira #28

8º Pedro Dias #111

9º Luiz A. #21

10º Guilherme B. #74

Reveja a transmissão AO VIVO:

 

O evento:

Em grande estilo, como já é sua marca registrada, o Arena Cross Brasil realizou sua terceira etapa da temporada 2019 da competição com casa completamente lotada na cidade de Ilhabela, litoral norte de São Paulo. Mais de seis mil pessoas lotaram as arquibancadas especialmente montadas em uma área ao lado do Campo do Galera. Este ano, o evento completa 21 anos de história no país.

Como sempre acontece, o ponto alto da noite ficou por conta da grande ação social que caminha junto com as disputas nas pistas. Isso porque em todos os eventos do Arena Cross, cada ingresso é trocado por dois quilos de alimentos. Nesta segunda-feira, 07, o Fundo Social de Solidariedade de Ilhabela receberá quase sete toneladas de alimentos, que serão repassados de acordo com os critérios do município.

Representando o Poder Público no evento, a prefeita Maria das Graças Ferreira “Gracinha” elogiou o evento e destacou a ação social envolvida.

“Este evento é maravilhoso e leva o nome de Ilhabela para o mundo todo com suas transmissões, temos que valorizar toda essa grandiosa ação social que arrecadou tantas toneladas de alimentos para quem mais precisa. É uma grande honra para nossa cidade receber esse evento, quero parabenizar a todos os envolvidos”, comentou.

Além das provas das categorias 50cc, 65cc, AX2 e PRO, quem veio ao evento acompanhou outro espetáculo de tirar o chapéu. A cereja do bolo ficou por conta do show de freestyle oferecido no intervalo entre as duas baterias da categoria PRO.

Neste sábado, os pilotos, Tatá Pelegrino, Marcelo Simões e Diego Dias levaram o público ao delírio com manobras de tirar o fôlego. O show de manobras faz parte do cronograma do Arena Cross desde a temporada 2017 e faz cada vez mais sucesso em cada cidade por onde passa.

Arena Cross:

O Arena Cross é o maior campeonato do motociclismo nacional de sua modalidade. Em seus 21 anos, ficou conhecido pela enorme estrutura que pode recebe cerca de 6 mil pessoas por etapa, com destaques para cenografia e acabamentos que fazem a diferença.

Soma-se a tudo isso o fato de ter grandes disputas nas pistas de até 450m, onde são disputadas as provas. O evento conta com transmissão para a Rede Brasil de Televisão na rede aberta e nas emissoras de canal por assinatura Bandsports e Band Internacional, além da internet no Canal oficial “Arena Cross Brasil” no Youtube e Facebook.

Redes Sociais:
Facebook: Arena Cross Brasil
Instagram: @arenacrossbr
Youtube: Arena Cross Brasil