Jetro Salazar em busca do bicampeonato | Brasileiro MX

Saldo positivo para a  Escuderia X na 4ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, disputada no último final de semana, dias 16 e 17 de setembro na cidade de Morrinho, em Goiás. Todas as atenções se voltaram para o grande embate da competição entre Jetro Salazar e Carlos Campano, que vale o título mais cobiçado do país: o de campeão brasileiro de motocross.

Focado em trazer o bicampeonato para a equipe curitibana, Jetro Salazar apresentou, novamente, um excelente desempenho na pista. O equatoriano alcançou o 2º lugar no pódio da MX1, após dois 2ºs lugares nas provas da 450cc. O resultado do final de semana diminuiu a diferença de Jetro Salazar para o líder para apenas 5 pontos de diferença. Faltando três etapas para a grande final, a meta do campeão brasileiro de motocross é uma só: vencer!

Para o treinador da Escuderia X, Ricardo Franzini, Jetro Salazar está preparado para manter o #1:

“Jetro é um piloto muito rápido e constante e vem apresentando um ótimo trabalho nos treinos e provas, sabe usar a cabeça quando é necessário fazer uma corrida mais conservadora e sabe forçar o ritmo quando necessário. Muito mais do que técnica e velocidade, a análise da estratégia durante a prova é fator decisivo para um bom resultado e esse é um grande diferencial dele. Dedicado, comprometido e focado Jetro está no caminho certo para conquistar o bicampeonato”, avaliou.


​Lucas Dunka: bom desempenho em sua primeira temporada na 450cc

Lucas Dunka conquistou o 9º lugar geral na soma das baterias da MX1, após o resultado de 9-8. O catarinense faz sua primeira temporada de 450cc e mostra bastante personalidade em cima da moto. Com apenas 19 anos, Dunka vem mostrando grande evolução técnica na categoria principal. O piloto da Escuderia X ocupa a 9ª colocação na tabela da MX1, com 81 pontos conquistados até o momento.

Leandro “Pará” mostrou sua capacidade de superação na etapa goiana. O piloto sofreu uma queda durante os treinos na semana que antecedeu as provas e, mesmo com dores, acelerou forte e brigou por posições na categoria MX2. Na primeira prova uma queda dificultou a vida do competidor, que em prova de recuperação finalizou em 8º lugar. Já na segunda bateria Pará impôs um bom ritmo e cruzou a linha de chegada, garantindo o 5º lugar, conquistando a 6ª posição na soma geral das baterias.

Mais um pódio para a Escuderia X com Leonardo Nunes. O jovem atleta mostrou uma enorme capacidade de recuperação nas provas do final de semana. Após choque com outro piloto na primeira bateria, Leo Nunes precisou de uma parada no pit stop para reparos na moto e saiu na última posição para terminar com um bom 6º lugar na MX2Jr. Já na segunda prova o piloto liderou durante a maior parte do tempo e, após uma queda nas últimas voltas, finalizou em 2º lugar. Com os resultados Leo Nunes garantiu o 4º lugar para a Escuderia X no pódio da MX2Jr e segue em 3º lugar na classificação geral, agora com 162 pontos.

O treinador Ricardo Franzini completa: “Nunes está se adaptando muito bem à moto 250cc e tem velocidade e capacidade para andar na frente e brigar pelo título”.