Expectativa de disputa no Mineiro de MX pela Super Final Ouro

Disputa pela Super Final Ouro promete esquentar a zona da mata neste final de semana

Os melhores pilotos de motocross do país terão um desafio duplo na última etapa do Campeonato Mineiro de Motocross, que ocorrerá no próximo final de semana (18 e 19 de novembro) em Piranga, Zona da Mata. Além do título de suas respectivas categorias, os 10 primeiros colocados da MX1 e MX2 irão brigar por um troféu foleado a ouro na Super Final Ouro.

O presidente do moto clube Cassios Racing e diretor da Federação de Motociclismo do Estado de Minas Gerais (FMEMG) conta que a ideia é resgatar a categoria Super Final, que era disputada sempre na última etapa da Copa Minas Gerais de Motocross. Mas, dessa vez, além do prestígio, o vencedor levará para casa um troféu com desgin e material diferenciados.

Dudu Lima venceu todas as etapas na MX1, soma 50 pontos, e é um dos favoritos para os dois títulos. “As expectativas são sempre ótimas. Venho fazendo um ótimo ano. Venci as duas primeiras e espero poder vencer a Super Final também para fechar o ano com troféu de ouro”, brinca.

Em segundo lugar na MX1, com 44 pontos, está o irmão de Dudu, Marcello “Ratinho” Lima, que também vem forte para as disputas. Na terceira colocação está o venezuelano, Humberto “Machito” Martin, com 38 pontos. “Acho que o mineiro está em um nível muito forte e ninguém vai querer perder. É muito bom poder disputar com meu irmão. É bom que o título ficaria dentro de caso, caso eu cometa algum erro e ele leve a corrida”, avaliou Dudu.

Thales Vilardi venceu a primeira prova do ano na MX2, mas lesionou a mão e ficou de fora da segunda etapa. Agora, ele volta com força total e promete dar trabalho. “Eu caí uma semana antes da corrida de Itabirito (15 e 16 de abril) e isso me atrapalhou muito não só no campeonato, mas em meu ritmo de treinos e provas. Já tem um certo tempo desde a lesão e sinto que estou cada dia melhor, agora é focar nessa corrida e voltar a vencer”, disse.

O líder da MX2 é o paulista Leo Souza, que manteve a regularidade e ficou em 2º lugar nas duas etapas. “Nessas últimas semanas tenho treinado muito forte, tanto em treinos físicos quanto na moto. Por conta de uma lesão na coluna fui obrigado a parar com os treinos durante dois meses. Neste tempo perdi o ritmo, mas estou voltando aos poucos. Mesmo não estando 100%, estou confiante no meu trabalho”, constatou Leo.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A última etapa do Campeonato Mineiro de Motocross 2017 será disputada em Piranga, região da Zona da Mata, a 170 quilômetros da capital. Este ano, a disputa ainda não tinha saído da região metropolitana de Belo Horizonte. A organização espera que cerca de 250 pilotos participem das 14 categorias. O evento, que tem classificação livre e entrada mediante doação de 1 Kg de alimento não perecível, está marcado para acontecer a partir das 8h, na Rua José Milagres Júnior, s/n, Centro.

O GP Piranga tem patrocínio de X11, GMI, EPA, Motul, Sense, Ingá, Turinhos Veículos e Turinhos Motos. Co-patrocínio de Móteis Sunny Day, O2BH, Ouseuse, Fokus, Edgers. Apoio Prefeitura de Piranga, MRP, Evolub, CRM Empreendimentos, Funny Night, Bim Resgates, Restaurante da Celinha, Moto Gerais, Paulista Automóveis, O Tempo, Super Notícia e 98 FM. Realização Moto Clube Cassios Racing. Supervisão Federação de Motociclismo do Estado de Minas Gerais.

A grande final do Mineiro de MX conta com a cobertura completa do site Show Radical!

Related posts

Loading Facebook Comments ...
Top