Emerson Loth é tricampeão Brasileiro de Enduro de Regularidade

Com 29 pontos de vantagem na liderança da categoria Master, Bomba não precisava de muito. E foi com um segundo lugar no sábado que ele já conquistou o título. No domingo, encerrou a disputa na décima colocação. Vale ressaltar que o atleta não treinava há mais de um mês, devido a uma cirurgia no ombro.

E assim ele encerra ao lado da sua motocicleta KTM EXC-F 350 uma temporada com 100% de aproveitamento. No último mês, ele também se consagrou pentacampeão Sul-Brasileiro e hexa no Paranaense da modalidade. E olha que não faltaram adversidades pelo caminho.

“Comecei o ano operando os dois joelhos e quase no fim sofri um acidente que me fez voltar a sala de cirurgia. Muitos me falaram que eu não conseguiria, mas sempre tive fé e me dediquei ao meu objetivo. E agora estou feliz demais, pois consegui. Fica aqui a mensagem para que as pessoas acreditem mais nelas”, exaltou.

Bomba aproveitou ainda para agradecer aos fãs e aos patrocinadores. “Esta conquista eu compartilho com aqueles que me incentivaram, me mandaram mensagens de apoio quando eu mais precisei. A Pro Tork, que está comigo desde o início, meu muito obrigado. Me sinto realizado pelos títulos e por tê-los comigo”, finalizou.

Jomar Grecco, piloto da Equipe Orange BH KTM Racing, venceu os dois dias do Enduro e no Campeonato Brasileiro, sagrou-se vice-campeão. “A prova esteve perfeita, muita trilha, muito roteiro e navegação, planilha caprichada, muito bem desenhada. As médias poderiam ser até mais justas, acho que dava pra gente acelerar mais, mas a prova em si foi muito boa, tinha muita trilha. Consegui vencer os dois dias e finalizo a temporada com chave de ouro, com mais uma vitória.”, relatou Jomar.

 

Classificação final da categoria Master:

1) Emerson Loth – 262 pontos (Pro Tork)
2) Jomar Grecco – 250 pontos
3) Tunico Maciel – 126 pontos
4) Guilherme Cascaes – 119 pontos
5) Dario Julio – 90 pontos

Related posts

Loading Facebook Comments ...
Top