Com título brasileiro de Rally Cross Country garantido, Tunico Maciel amplia liderança das motos no Sertões

Piloto da equipe Honda Racing está a duas etapas do bicampeonato da prova com a CRF 450RX; Jean Azevendo assume a vice-liderança das motos e o primeiro lugar da categoria Super Production. Foto: Mundo Press

Tunico Maciel é o mais novo campeão brasileiro de Rally Cross Country. O título da classificação geral das motos, inédito na carreira do mineiro, e a taça da categoria Production Aberta foram confirmados de forma antecipada por conta do desempenho do piloto da equipe Honda Racing no Sertões 2019, com a Honda CRF 450RX. Maciel venceu quatro das cinco etapas do Sertões que somaram pontos para o campeonato nacional, cuja última prova está marcada para dezembro. O gaúcho Gregorio Caselani confirmou o título nacional para a equipe vermelha na categoria Super Production.

No Sertões, a sexta etapa do rali, realizada nesta sexta-feira (30/8), representou a segunda parte da etapa Maratona, na qual os competidores não puderam contar com auxílio mecânico externo. Foram percorridos 537 quilômetros, incluindo 535 de especiais. Tunico Maciel venceu o dia novamente – foi a quinta vitória consecutiva do atual campeão das motocicletas no Sertões 2019. Assim, ele amplia liderança na classificação geral, com 26min04seg de vantagem sobre o segundo colocado, que agora é o companheiro de equipe Jean Azevedo.

Estou muito feliz pela conquista do campeonato brasileiro, ano que vem vou defender o número um com dedicação total. O desempenho no Sertões também é motivo de muita satisfação”, analisa Tunico Maciel. “A sexta etapa teve muita areia, navegação e, no final, longas retas, boas para acelerar. Fui novamente o primeiro a largar, o que foi ainda mais difícil por conta dos desafios na navegação. Fiz uma prova tranquila e a minha CRF 450RX é uma moto muito confiável, que me deixa ainda mais seguro para seguir bem até o final do rali”, explica.

Tunico Maciel
Foto: Mundo Press

O Sertões entra na reta final neste sábado (31/8), com a sétima etapa entre Bom Jesus (PI) a Crateús (CE). Porém, o percurso do dia representa a maior etapa da prova, com 955 quilômetros. As especiais somam 325 quilômetros. “Apesar de não ser contra o relógio, teremos 628 quilômetros em cima da moto, para o deslocamento final. É preciso ficar atento e cumprir bem a etapa, já que qualquer problema no caminho pode gerar penalizações”, ensinou Jean Azevedo, heptacampeão e maior vencedor das motos no Sertões. Ele lidera a disputa da categoria Super Production.

Jean Azevedo
Foto: Mundo Press

Gregorio Caselani, campeão do Sertões em 2016, teve problemas na sexta etapa e não completou o percurso do dia. O gaúcho, porém, irá largar neste sábado com destino ao Ceará.

Patrocinado pela Honda, o 27º Sertões largou no dia 25 de agosto de Campo Grande (MS). O rali conta com oito dias de disputas até a chegada em Aquiraz (CE), marcada para 1º de setembro. O roteiro total é de 4.890 quilômetros, sendo 2.861 de especiais (trechos cronometrados), com passagem por seis estados: Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Piauí e Ceará. A prova inclui também categorias para carros, UTVs e quadriciclos.

A equipe Honda Racing de Rally Cross Country é patrocinada por Pro Honda, ASW, Michelin, DID e Seguros Honda.

Sertões 2019 – Classificação após seis etapas (resultados extraoficiais)

Classificação geral – Motocicletas
1 – Tunico Maciel #1 – 29:28:52.2 
2 – Jean Azevedo #3 – 29:54:56.2 
3 – Bruno Leles #18 – 31:33:03.5
4 – Ricardo Martins #2 – 31:37:28.2
5 – Vítor Closs #9 – 32:08:07.4

Categoria Super Production
1 – Jean Azevedo #3 – 22:33:45 
2 – Bruno Leles #18 – 23:46:14
3 – Ricardo Martins #2 – 24:17:15
4 – Ramon Sacilotti #11 – 24:41:47
5 – Alex Buchheim #37 – 36:28:17.0

Categoria Production Aberta
1 – Tunico Maciel #1 – 29:28:52.2 
2 – Vítor Closs #9 – 32:08:07.4
3 – Mário Marchiori #8 – 33:00:53.4
4 – Luis Henrique dos Santos #71 – 38:07:10.1

Sertões 2019 – 6ª etapa (resultados extraoficiais)

Classificação geral – Motocicletas
1 – Tunico Maciel #1 – 07:20:09.0 
2 – Ricardo Martins #2 – 07:20:13.2
3 – Jean Azevedo #3 – 07:21:11.1 
4 – Bruno Leles #18 – 07:46:48.9
5 – Cláudio Ferreira #45 – 07:53:25.1

Categoria Super Production
1 – Ricardo Martins #2 – 07:20:13.2
2 – Jean Azevedo #3 – 07:21:11.1 
3 – Bruno Leles #18 – 07:46:48.9
4 – Ramon Sacilotti #11 – 07:54:13.1
5 – Tiago Fantozzi #17 – 08:52:17.1

Categoria Production Aberta
1 – Tunico Maciel #1 – 07:20:09.0
2 – Vítor Closs #9 – 07:55:18.9
3 – Mário Marchiori #8 – 08:14:38.0
4 – Luis Henrique dos Santos #71 – 09:25:26.2

Programação Sertões 2019:

31/8 – Sábado
7ª etapa – Bom Jesus (PI) a Crateús (CE)

Deslocamento inicial – 2 km
Especial (Cronometrado) – 325 km
Deslocamento final – 628 km
Total do dia – 955 km

Depois de seis dias muito intensos nas especiais, o Sertões 2019 começará a diminuir forte o ritmo nos trechos cronometrados. Porém, será a etapa mais longa da edição em quilometragem, com um deslocamento final de 617 km – um desafio extra para todos os pilotos, que terão que controlar o sono e o cansaço antes da chegada no penúltimo destino, em Crateús (CE).

1/9 – Domingo
8ª etapa – Crateús (CE) – Aquiraz (CE)

Deslocamento inicial – 428 km
Especial (Cronometrado) – 18 km
Deslocamento final – 6 km
Total do dia – 452 km

O dia iniciará com um deslocamento direto para a especial de 30 km nas dunas de Aquiraz (CE). Será um circuito de 10 km, com três voltas nas areias, uma dinâmica bem diferente das demais especiais. A largada será em linha e a chegada, no Beach Park, famoso parque aquático da região.

Total de especiais – 2.861 km 
Total da prova – 4.890 km 

*As informações são fornecidas pela organização do evento e estão sujeitas a alterações.

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site Show Radical 👇⚡!

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!