Bruno Crivilin alcança melhor resultado até o momento no International Six Days Enduro

Piloto da equipe Honda Racing fecha o dia em 15º na categoria E1; Prova é realizada em Portugal. Foto: Janjão Santiago

Depois de três dias de disputas na 94ª edição do International Six Days Enduro, Bruno Crivilin obteve nesta quinta-feira (14/11) o seu melhor resultado até o momento na competição, que tem como palco a região do Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, Portugal. O piloto da equipe Honda Racing fechou o quarto dia em 15º na categoria E1, com a motocicleta CRF 250RX.

Apesar de muita chuva e variação no clima, o brasileiro aproveitou o fato do circuito ser o mesmo do dia anterior e conseguiu acelerar. “A etapa foi difícil e desgastante. Começamos embaixo de chuva, aí veio o sol, depois chuva de novo. Subimos até o alto de montanha, que era muito frio. A situação das especiais piorou muito, mas eu consegui melhorar meu desempenho. Assim é o Six Days. Já foram quatro dias, o cansaço bate, porém vamos forte até o final”, resume o capixaba, que é o atual bicampeão brasileiro de Enduro FIM, nas categorias Enduro GP (geral) e E1.

Bruno Crivilin
Foto: Janjão Santiago

Com esse resultado, Crivilin agora é o 17º entre todos da categoria. Na classificação geral do dia, ele terminou em 46º – oito posições acima em relação à terceira etapa. Na soma dos quatro dias, o brasileiro ocupa a 48ª colocação.

A quinta-feira também foi puxada para Gabriel Soares, 25º do dia na classe E2, com a CRF 450RX. É a mesma posição que ele ocupa na geral da categoria. Na classificação com todos os pilotos, o estreante na competição ficou em 58º no dia e em 61º na soma dos resultados da semana até o momento. “Mais um dia concluído, com muito frio, chuva e lama. Tivemos um deslocamento muito duro, mas consegui superar meus limites e terminar mais uma etapa. Estou feliz com essa oportunidade e espero seguir firme até o final”, completa o mineiro.

Gabriel Soares
Foto: Janjão Santiago

O International Six Days Enduro realiza nesta sexta-feira (15/11) a penúltima etapa, com um novo trajeto com 286 quilômetros e oito especiais (trechos cronometrados). A competição, que conta com 650 inscritos de mais de 30 países, termina neste sábado (16/11) com o desafio de motocross.

A equipe Honda Racing de Enduro FIM é patrocinada por Pro Honda, ASW, Alpinestars, DID e Seguros Honda.

Resultados – International Six Days Enduro 2019

Resultados do 4º dia

Classificação geral 

1 – #11 – Daniel Sanders (AUS) – 54:08.31
2 – #53 – Josep Garcia (ESP) – 54:27.06
3 – #22 – Taylor Robert (EUA) – 55:04.64
4 – #161 – Daniel McCanney (GBR) – 55:32.53
5 – #23 Steward Baylor (EUA) – 55:35.54
46 – #124 – Bruno Crivilin (BRA) – 58:57.73
58 – #125 – Gabriel Soares (BRA) – 1:00:10.35

Categoria E1
1 – #53 – Josep Garcia (ESP) – 54:27.06
2 – #16 – Lyndon Snodgrass (AUS) – 55:53.32
3 – #20 – Ryan Sipes (EUA) – 56:02.99
4 – #13 – Luke Styke (AUS) – 56:05.42
5 – #34 – Andrea Verona (ITA) – 56:06.03
15 – #124 – Bruno Crivilin (BRA) – 58:57.73

Categoria E2

1 – #22 – Taylor Robert (EUA) – 55:04.64
2 – #33 – Davide Guarneri (ITA) – 55:37.52
3 – #21 – Kailub Russel (EUA) – 55:50.89
4 – #15 – Fraser Higlett (AUS) – 56:05.83
5 – #156 – Antoine Magain (BEL) – 56:12.65
25 – #125 – Gabriel Soares (BRA) – 1:00:10.35

Categoria Júnior

1º – Austrália – 2:48:44.23
#14 – Michael Driscoll – 56:45.08
#15 – Fraser Higlet – 56:05.83
#16 – Lyndon Snodgrass – 55:53.32

2º – Itália – 2:52:41.10
#34 – Andrea Verona – 56:06.03
#35 – Matteo Pavoni – 58:08.11
#36 – Claudio Spanu – 58:38.32

3º – Estados Unidos – 2:53:15.81
#24 – Joshua Toth – 58:17.82
#25 – Ben Kelley – 58:05.85
#26 – Grant Baylor – 56:52.14

4º – Espanha – 2:55:45.35
#54 – Marc Sans – 58:04.25
#55 – Sergio Navarro – 58:08.11
#46 – Pau Tomas – 59:32.99

5º – Chile – 3:06:07.28
#94 – Sebastian Taverne – 59:35.86
#95 – Sebastian Pakciarz – 1:03:09.41
#96 – Lucas Valdebenito – 1:03:22.01

13º – Brasil – 4:59:08.08
#124 – Bruno Crivilin – 58:57.73
#125 – Gabriel Soares – 1:00:10.35
#126 – Nicolás Rodriguez – 3:00:00.00


Resultados acumulados após quatro dias de prova

Classificação geral 

1 – #11 – Daniel Sanders (AUS) – 3:20:59.91
2 – #53 – Josep Garcia (ESP) – 3:22:31.12
3 – #22 – Taylor Robert (EUA) – 3:24:34.02
4 – #21 – Kailub Russel (EUA) – 3:25:57.50
5 – #33 – Davide Guarneri (ITA) – 3:27:22.34
48 – #124 – Bruno Crivilin (BRA) – 3:39:00.25
61 – #125 – Gabriel Soares (BRA) – 3:42:02.24

Categoria E1 
1 – #53 – Josep Garcia (ESP) – 3:22:31.12
2 – #20 – Ryan Sipes (EUA) – 3:27:34.90
3 – #34 – Andrea Verona (ITA) – 3:27:47.65
4 – #16 – Lyndon Snodgrass (AUS) – 3:28:03.24
5 – #13 – Luke Styke (AUS) – 3:28:05.18
17 – #124 – Bruno Crivilin (BRA) – 3:39:00.25

Categoria E2 
1 – #22 – Taylor Robert (EUA) – 3:24:34.02
2 – #21 – Kailub Russel (EUA) – 3:25:57.50
3 – #33 – Davide Guarneri (ITA) – 3:27:22.34
4 – #15 – Fraser Higlett (AUS) – 3:28:39.13
5 – #12 – Joshua Green (AUS) – 3:30:01.34
25 – #125 – Gabriel Soares (BRA) – 3:42:02.24

Categoria Júnior 
1 – Austrália – 10:27:42.95
2 – Estados Unidos – 10:36:35.45
3 – Itália – 10:39:03.63
4 – Espanha – 10:51:36.50
5 – Portugal – 11:30:25.08
13 – Brasil – 17:13:48.20

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site Show Radical 👇⚡!

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!