Brasil Ride agita Sul da Bahia e provoca impacto econômico de R$ 10 milhões

Realização do evento, pelo quarto ano seguido em Arraial d'Ajuda, em Porto Seguro, e em Guaratinga, lota a região em movimento similar às principais datas festivas do ano. Foto: Brasil Ride

A 10ª edição da Brasil Ride acabou de terminar e já é possível afirmar que o evento foi histórico em todos os sentidos, inclusive em relação ao impacto econômico no extremo Sul da Bahia. Realizada de domingo (20) até sábado (26), a ultramaratona e a Maratona dos Descobrimentos contribuíram para que Arraial d’Ajuda, em Porto Seguro, atingisse lotação máxima da rede hoteleira, ou seja bem próxima dos 100%. Considerando que o evento reuniu mais de 6.000 pessoas neste período, calcula-se mais de R$ 10 milhões de impacto econômico na região, com um ticket médio em torno de R$ 385 por pessoa, segundo dados do município. Além da ocupação em Arraial d’Ajuda, a Brasil Ride contribuiu também para a economia da pequena Guaratinga, a 130 km mais ao sul da Bahia, a outra sede da competição.

Há quatro anos Porto Seguro e Guaratinga têm sido o cenário escolhido para a ultramaratona Brasil Ride e a Maratona dos Descobrimentos. O distrito de Arraial d’Ajuda torna-se uma das vilas dos atletas, acolhendo competidores, familiares e organizadores, assim como a Vila Brasil Ride, em Guaratinga. Os atletas desbravaram trilhas, estradas e vivenciam as belezas do extremo Sul da Bahia e os familiares têm a oportunidade de conhecer a região.

Com a nossa estrutura hoteleira e aeroporto internacional em pleno funcionamento, somos capazes de receber milhares de pessoas vindas de diferentes países e estados, movimentando a economia local e trazendo grande benefício para o município e seus moradores. Durante o período de realização da prova, Arraial d’Ajuda chega a atingir mais de 95% de sua capacidade hoteleira, equivalendo a períodos de grandes movimentos como feriados prolongados, réveillon e carnaval“, destacou o Secretário de Cultura e Turismo de Porto Seguro, Paulo Cesar Magalhães.

Brasil Ride constrói uma cidade em Guaratinga – A prefeitura de Guaratinga, cidade com 21 mil habitantes, também comemora o que pode ser chamado de “efeito Brasil Ride“. A organização do evento constrói uma cidade para 1.100 pessoas em uma fazenda a 14 quilômetros do município. É uma estrutura gigantesca com 80 toneladas de equipamentos, montada em uma área de 10 hectares para quatro dias de provas. São 1.100 barracas, dois poços artesianos de 100 metros de profundidade, com cinco bombas que extraem e distribui 800 mil litros de água para diversas áreas da cidade, tendas para restaurantes, incluindo um para 700 pessoas, 10 km de fios subterrâneos, 48 chuveiros com água quente, 9 tendas para patrocinadores e 1 carreta médica completa.

Durante dois meses nossa equipe transforma uma área de pasto para o gado em uma cidade completa, com fiação subterrânea, áreas para alimentação, banhos e banheiros e três áreas diferentes com barracas para os atletas e estafe. Os números impressionam, pois são servidas mais 9 mil refeições, sendo consumidos 4.800 kg de macarrão, 1.200 kg de arroz e 10 toneladas de proteína (carne bovina, franco e peixe), sem falar de 45 mil ovos e 4.000 dúzias de banana“, dimensionou Mario Roma, fundador da Brasil Ride. Para apoiar os 570 ciclistas da prova e equipes de apoio são mais de 300 pessoas na organização. “Com a Maratona dos Descobrimentos, disputada no sábado (26), em Arraial d’Ajuda, reunimos quase 2.000 ciclistas, na maior prova de mountain bike já realizada no Brasil“, acrescentou Mario Roma.

Campeões da 10ª edição
Elite Masculino – 
Tiago Ferreira (POR) / Hans Becking (HOL)
Elite Feminino – Viviane Favery (BRA) /Tania Clair (BRA)
Duplas Mista – Jose Silva (POR) / Celina Carpinteiro (POR)
Máster – 
Tiago Clamote (POR) / Tiago Silva (POR)
Grand Máster – 
Pablo Rodriguez (ARG) / Raul Navarro (VEN)
American Man – 
Edson Gilmar Rezende Junior (BRA) / Nicolas Sessler (BRA) 
American Woman – 
Jaqueline Mourao (BRA) / Danilas Ferreira Da Silva (BRA)
Nelore – 
Robson Mendes Magalhaes (BRA) / Aldenio Bandeira Sanches (BRA)
Corporativa –
 Wagner Quirino (BRA) / André Di Carlo Fonseca (BRA) / Enrico Sampaio (BRA)
Iron Rider – 
Bruno Ryker (BRA) / Pedro Vinicius Ferreira Sipriano (BRA)

Países da 10ª edição – 
Participaram da décima edição da ultramaratona 570 ciclistas de 23 países: Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Brasil, Chile, Chipre, Colômbia, Costa Rica, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Equador, França, Holanda, Itália, Japão, México, Portugal, República Tcheca, Rússia, Suíça e Venezuela.

Décima edição – Considerada a Giro d’Itália do MTB mundial, a ultramaratona realizada de 20 a 26 de outubro, no Extremo Sul da Bahia, foi um forte desafio para os 570 participantes de 23 países. Durante sete dias, eles tiveram pela frente cerca de 600 km e quase 11.000 m de altimetria acumulada, entre trilhas e estradas de terra que ligam Arraial d’Ajuda, em Porto Seguro, a Guaratinga, na Vila Brasil Ride. No último dia da competição, neste sábado (26), mais 1.800 ciclistas de todo o País juntam-se às estrelas do mountain bike internacional para a disputa da Maratona dos Descobrimentos.

A ultramaratona Brasil Ride teve os patrocínios do Governo da Bahia, por meio da SETRE, Bahiatursa e SUDESB, de Land Rover, Shimano, Specialized e Unidas. Coca-Cola, Conect Car, Ful Gas, Garmin, LAF Corretora de Seguros, La Maglia, Oakley, Red Bull, Shop2gether, Squirt, Thule e Vittoria são empresas apoiadoras, assim como as prefeituras de Porto Seguro e Guaratinga, bem como o Parque Nacional do Pau Brasil, são apoiadores institucionais do evento.

Brasil Ride: Mais que uma prova, uma etapa em sua vida.

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site Show Radical 👇⚡!

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!