3ª etapa Brasileiro de Motocross | Resultados domingo

Fim de semana com muita adrenalina e bons pegas em Extrema-MG para a 3ª Etapa do Brasileiro de Motocross. As disputas foram realizadas no Parque Municipal da cidade. Este foi o segundo ano consecutivo que o município recebeu uma etapa da competição nacional.

Mais uma vez a competição foi um sucesso. Tanto de pilotos quanto de público que lotou a arquibancada. Cerca de 25 mil pessoas acompanharam as disputas de perto.

Na principal categoria, a MX1, o espanhol Carlos Campano teve um melhor aproveitamento e ficou em primeiro lugar na soma das baterias. Fechou o fim de semana com um segundo lugar (1ª bateria) e um primeiro lugar (2ª bateria).

Carlos Campano (Foto: Tiago Lopes/CBM)

“Na primeira bateria eu me senti um pouco travado. Mas, na segunda fui melhor. Continuo com quatro pontos de vantagem para o segundo na classificação, que é o Jetro. Agora vou voltar para a Espanha, já na terça-feira, para continuar minha preparação por lá”, destacou o campeão, Campano.

O pódio ficou completo com o equatoriano Jetro Salazar, os irmãos Dudu Lima e Marcello de Lima e o português Paulo Alberto.

 

 

1ª bateria MX1

O espanhol Carlos Campano (115) largou na ponta seguido de Thales Vilardi (27), Paulo Alberto (211), Jetro Salazar (1), Jean Ramos (10), Marcello de Lima (5), e Dudu Lima (2).

Héctor Assunção  caiu no começo da prova e acabou ficando para trás.

O início de prova foi bem embolado e ocorreram trocas de posições. Logo Thales perdeu posições e o português Paulo Alberto assumiu a segunda colocação.  Dudu também ganhou o lugar do irmão Marcello e de Jean.

Mudanças também nas primeiras colocações. Jetro Salazar ultrapassou Paulo Alberto e assegurou a segunda posição. Dudu também aproveitou e passou o português, ficando em terceiro.

Faltando 10 minutos para o fim, o pega entre Jetro Salazar e Campano animou o público. Dudu Lima também seguiu firme.

Um pouco antes da placa de duas voltas para o término Jetro conseguiu ultrapassar Campano e assumiu a frente. Dudu aproveitou e foi para cima do espanhol também, mas não deu.

Jetro cruzou em primeiro, Campano em segundo e Dudu em terceiro quase junto com o espanhol.

 

Resultado 1ª bateria

1º Jetro Salazar

2º Carlos Campano

3º Eduardo Lima

4º Paulo Alberto

5º Jean Ramos

 

2ª bateria MX1

Eduardo Lima disparou na frente, seguido de Campano, Jean Ramos, Héctor Assunção e Jetro Salazar.

Mas na primeira volta Jetro já era o terceiro, no entanto Jean não queria perder posição e pressionou.

Dudu abriu um pouco na ponta, mas na metade da prova Campano acelerou e ultrapassou Dudu, que logo deu o troco. A disputa dos dois foi grande e animou o público. Depois de algumas voltas, Campano ultrapassou novamente Dudu, mas o pega entre os dois continuou acirrado.

Jetro então foi para cima de Dudu, ultrapassou o piloto e assumiu a segunda posição faltando cinco minutos mais duas voltas para o fim da prova.

Disputa boa também para a quarta posição entre Jean Ramos e Marcello de Lima. Nos últimos minutos Marcello ultrapassou Jean, que tentou dar o troco mais não conseguiu.

Campano cruzou em primeiro no arco de chegada, seguido de Jetro, Dudu, Marcelo e Jean.

Resultado 2ª bateria

1º Carlos Campano

2º Jetro Salazar

3º Eduardo Lima

4º Marcello de Lima

5ª Jean Ramos

Pódio MX1 (Foto: Tiago Lopes/CBM)

Soma das baterias

1º Carlos Campano

2º Jetro Salazar

3 º Eduardo Lima

4º Marcello de Lima

5º Paulo Alberto

 

Classificação no Campeonato

1º Carlos Campano – 117 pontos

2º Jetro Salazar – 113 pontos

3º Eduardo Lima – 99 pontos

4º Paulo Alberto – 89 pontos

5º Jean Ramos – 79 pontos

 

Veja a classificação completa em: http://cbm.esp.br/sistema/classificacao.php?campeonato=413&ano=&organizador=CBM&idModalidade=13 

 

Provas emocionantes do começo ao fim. Assim é possível resumir como foram as disputas das categorias MX2 e MX2 Junior durante a 3ª Etapa do Brasileiro de Motocross, em Extrema-MG.

Os pilotos Gustavo Pessoa e Fábio dos Santos travaram um grande duelo tanto na primeira quanto na segunda bateria da MX2. Fábio levou a melhor na primeira, e Gustavo na segunda. Mas, na soma das baterias Gustavo ficou na frente e subiu no lugar mais alto do pódio, ampliando assim a pontuação na classificação geral do Campeonato. Gustavo segue com 147 pontos e Fábio dos Santos com 129.

Gustavo Pessoa (Foto: Tiago Lopes/CBM)

“Na primeira bateria eu larguei bem, e estava bem na prova, mas acabei sendo ultrapassado pelo Fábio no final. Mas, na segunda consegui a ponta. Fiquei muito feliz com o resultado do fim de semana”, destacou o campeão, Gustavo Pessoa.

Na MX2 Junior Tallys Nathan subiu no lugar mais alto do pódio neste fim de semana. O piloto conseguiu a primeira colocação na primeira bateria, e ficou em terceiro na segunda. Agora soma 139 pontos na tabela do Campeonato, seguido de Leonardo Cassarotti com 132 pontos.

Tallys Nathan (Foto: Tiago Lopes/CBM)

“Fiquei muito feliz com o resultado. Quero agradecer a todos meus patrocinadores por terem confiado em mim. Vou continuar dando o meu melhor para sair campeão do Campeonato”, ressaltou Tallys.

 

1ª bateria MX2

Gustavo Pessoa (891) largou em primeiro, seguido de Fábio dos Santos (1), Caio Lopes (134), Leandro Davids Araújo (958) e Frederico Spagnol (61).

O pega entre Pessoa e Fábio dos Santos foi bem forte no começo da prova, mas Gustavo segurou a ponta.

Pepê Bueno que vinha também no batalhão da frente logo conquista a quarta posição.

Faltando sete minutos para o fim da prova Fábio dos Santos volta a pressionar Gustavo Pessoa e consegue fazer a ultrapassagem. Gustavo continuou na briga pela primeira posição. A disputa entre os dois foi até o fim e levantou o público.

Resultado 1ª bateria MX2

1º Fábio dos Santos

2º Gustavo Pessoa

3º Caio Lopes

4º Pepê Bueno

5º Frederico Spagnol

 

Resultado 1ª bateria MX2JR

1º Tallys Nathan

2º Leonando Nunes

3º Leonardo Cassarotti

4º Joaquim Antonio

5º Leonardo de Almeida

 

2ª bateria MX2

O piloto Leonardo De Almeida que corre pro MX2 Junior largou na frente, seguido de Gustavo Pessoa, Fábio dos Santos, Leandro Davids Araújo e Frederico Spagnol.

Mas logo Pessoa assume a ponta. Fábio aproveitou e ultrapassou Léo De Almeida também.

O Leandro Davids Araújo que tinha largado bem sofreu uma queda.

Léo de Souza, Caio Lopes e Pepê Bueno travaram boa briga.

Gustavo Pessoa que estava na liderança e tinha aberto um pouco, chegou a sofrer uma queda, mas subiu rápido e não deixou Fábio dos Santos ultrapassar.

 

 

Resultado 2ª bateria MX2

1º Gustavo Pessoa

2º Fabio Santos

3º Caio Lopes

4º Pepê Bueno

5º Frederico Spagnol

 

Resultado 2ª bateria MX2JR

1º Leonardo Almeida

2º Leonardo Cassarotti

3º Tallys Nathan

4º Leonardo Nunes

5º Renan Goto

Pódio MX2 (Foto: Tiago Lopes/CBM)

 

Soma das baterias MX2

1º Gustavo Pessoa

2º Fabio Santos

3º Caio Lopes

4º Pepê Bueno

5º Frederico Spagnol

Pódio MX2Júnior (Foto: Tiago Lopes/CBM)

 

Soma das Baterias MX2JR

1º Tallys Nathan

2º Leonardo Cassarotti

3º Leonardo Almeida

4º Leonardo Nunes

5º Renan Goto

 

Classificação no Campeonato MX2

1º Gustavo Pessoa – 147 pontos

2º Fabio Santos – 129 pontos

3º Pepê Bueno – 112 pontos

4º Caio Lopes – 102 pontos

5º João Pedro – 100 pontos

 

Classificação no Campeonato MX2JR

1º Tallys Nathan – 139 pontos

2º Leonardo Cassarotti – 132 pontos

3º Leonardo Nunes – 125 pontos

4º Renan Goto – 96 pontos

5º Vanderlei de Souza Júnior – 87 pontos

Veja a classificação completa em: http://cbm.esp.br/sistema/classificacao.php?campeonato=413&ano=&organizador=CBM&idModalidade=13

 

A prova da categoria Junior durante a 3ª Etapa do Brasileiro de Motocross foi marcada por mudanças de posições, em Extrema-MG.

José Antônio Pedro Filho largou na frente, mas logo Bruno Schimitz ultrapassou e assumiu a frente. Pedro Magero veio em terceiro mas também ultrapassou Jose Antônio.

Keven Ikeda seguiu em ritmo forte conquistando posições. Quase na metade da prova ultrapassou Pedro Magero e conquistou a segunda colocação, mas logo em seguida sofreu uma queda e teve que abandonar a disputa.

O confronto maior ficou para as demais posições, já que Bruno e Pedro seguiram firmes na primeira e segunda posição.

Nos últimos minutos Joaquim Neto que estava em sexto fez boas ultrapassagens e terminou em quarto lugar

Bruno conseguiu a terceira vitória consecutiva, e segue líder do Campeonato.

c
Bruno Schimit (Foto: Tiago Lopes/CBM)

“Não foi fácil essa prova. Ontem fiz o terceiro tempo estava preocupado, mas hoje consegui fazer uma boa largada. Agora é seguir firme para conseguir o título”, destacou o campeão.

Pódio MXJúnior (Foto: Tiago Lopes/CBM)

Resultado da Prova

1º Bruno Schimitz

2º Pedro Magero

3º Rodolfo Bicalho

4º Joaquim Neto

5º Rafael Araujo

 

Classificação no Campeonato

1º Bruno Schimitz  – 75 pontos

2º Rodolfo Bicalho – 58 pontos

3º Joaquim Neto – 49 pontos

4º Pedro Magero – 49 pontos

5º Rafael Araujo – 36 pontos

A primeira prova do domingo (6) durante a 3ª Etapa do Brasileiro de Motocross, em Extrema (MG) foi das categorias MX4 e MX5 que correram juntas. Os pilotos aceleraram bem desde o início já que esta foi a penúltima etapa destas categorias.

Milton Becker, o Chumbinho saiu na frente seguido de Willian Guimarães, Walter Tardin e Dario de Oliveira Junior. Erivelto Nicoladelli que vinha logo atrás ultrapassou Dário e conquistou a quarta posição.

Ao longo da prova as primeiras posições não tiveram mudanças. Faltando cinco minutos para o fim William acelerou e foi para cima de Chumbinho. A disputa entre os dois ficou emocionante, até que William conseguiu fazer a ultrapassagem na sessão de costela, e manteve o ritmo acelerado até cruzar o arco de  chegada em primeiro.


Willian Guimarães  (Foto: Tiago Lopes/CBM)

“Consegui repetir o resultado de ontem, na MX3. A pista mudou bastante de ontem pra hoje, o sol está forte, mas aproveitei um erro do Chumbinho e consegui terminar em primeiro”, destacou o campeão da MX4, William Guimarães, que segue em primeiro na classificação geral da categoria.

“Fiz um bom início de corrida, mas  o William veio num ritmo forte e acabou me passando. Agora é focar para a última etapa”, destacou Chumbinho que com o resultado ficou em segundo na MX4 e em primeiro na MX5.

Pódio MX4 (Foto: Tiago Lopes/CBM)

 

Resultado prova MX4

1º Willian Guimarães
2º Milton Becker
3º Walter Sergio Tardin
4º Erivelto Nicoladelli
5º Geraldo Antonio Gonçalves
Classificação MX4 no Campeonato
1º Willian Guimarães – 72 pontos
2º Milton Becker – 69 pontos
3º Erivelton Nicoladelli – 56 pontos
4º Rene de Albuquerque – 42 pontos
5º Valdecir Francisco – 37 pontos

Pódio MX5 (Foto: Tiago Lopes/CBM)

 

Resultado prova MX5

1º Milton Becker
2º Dario Júnior
3º Oscar Herbert Kleiber
4º Junior Feitosa
5º Claudiney José Guasti
Classificação MX5 no Campeonato
1º Milton Becker – 75 pontos
2º Dario Júnior – 62 pontos
3º Claudiney JOsé Guasti – 60 pontos
4º Junior Feitosa  – 52 pontos
5º Luis Marcos Rosa – 44 pontos
O Campeonato Brasileiro de Motocross terá patrocínio de Honda, Yamaha, Rinaldi e IMS. A temporada ainda terá o apoio da Mobil.A etapa conta com patrocínio local de Blade Energy e Grupo Geração.
Comunic.Ativa – Assessoria de Imprensa CBM

 

Related posts

Loading Facebook Comments ...
Top